Seguir

Projeto de Barragem no Métrica TOPO

Dividimos este tutorial para criação de projetos de barragem/taipa/açude no Métrica TOPO em 5 partes: criação do MDT, definição e criação do perfil longitudinal, edição e aplicação da seção tipo, cálculo de volume e cálculo de inundação. 

Caso tenha dúvida em alguma etapa, clique nos links disponíveis para acessar a um tutorial específico.

 

1. Criação do MDT (Triangulação primitiva)

Para gerar um MDT (Modelo Digital do Terreno) é necessário que os pontos importados no Métrica TOPO CAD apresentem altitudes; com os dados em tela crie a triangulação primitiva do levantamento de campo.

mceclip0.png

Este MDT englobará todos os pontos de interesse para o projeto ou apenas os selecionados por você, lembre-se que é possível inserir linhas obrigatórias caso necessário.

Na imagem abaixo temos um MDT já editado e com a triangulação criada.

Caso precise de ajuda na criação do MDT, clique aqui e na edição do MDT, clique aqui.

mceclip0.png

 

2. Perfil longitudinal

Com o MDT criado é possível delimitar o local da construção da barragem e assim definir as suas especificações técnicas, como: altura e largura do maciço/taipa, além de seu talude através de um perfil longitudinal, clique aqui em caso de dúvidas na criação. mceclip1.png

A linha do greide poderá ser editada para ficar numa única cota, do início ao final da polilinha, utilizando a ferramenta de Ajustar Ponto do Greide. Dessa forma, a crista da barragem ficará na mesma cota enquanto os taludes serão criados até encontrarem o terreno natural. mceclip2.png

 mceclip3.png

 

3. Edição e aplicação da seção tipo

Defina e personalize a seção tipo que será aplicada sobre o perfil, ela que dará o formato da barragem ao longo de toda a polilinha do eixo.

No exemplo abaixo*, será definida uma seção tipo com largura na crista de 4 metros e uma altura de 6 metros nos taludes a montante e a jusante.

Caso precise de ajuda na criação da seção tipo, clique aqui.

* Os valores utilizados são ilustrativos e arbitrários.

Para isso, vá na aba Volumetria e clique na ferramenta Seção Tipomceclip4.png

Acesse a aba Exibir e habilite a opção Aterro para visualização dos taludes das seções que serão configuradas.

 mceclip5.png

Na opção Editar a Base da Seção Tipo, em nosso exemplo, configuramos para dois metros a esquerda e dois metros a direita do centro, ambos com cota 0.

A linha 2 com offset 0 é obrigatória pois ela será o centro da nossa seção. Caso a seção a ser criada tenha mais de um patamar, basta inserir os valores de cota e offset pressionando Enter no teclado.

 mceclip6.png

mceclip7.png

Feito isso, iremos configurar o centro da seção tipo, clicando no ícone Editar o Centro da Seção Tipo e depois sobre o vértice central da nossa seção.

 mceclip8.png

 Após configurar o centro, configure o talude e as bermas.

  mceclip9.png

No exemplo abaixo, o talude a jusante está configurado na proporção 1 : 0,8 e as banquetas possuem 2% de inclinação.

Por sua vez, o talude a montante está na proporção 1 : 2 tornando-se mais inclinado como na imagem abaixo:

 mceclip10.png

 mceclip11.png

 mceclip12.png

 Salve a seção tipo personalizada.

 mceclip13.png

Após configurada a seção tipo da barragem, dentro da ferramenta Perfil, clique na Aba Seções e na opção Aplicar Seção Tipo e escolha o seu modelo salvo. Caso não saiba como, clique aquimceclip14.png

Após aplicar a Seção, clique em Seções, Exportar Projeto para gerar os pontos, linha de talude e MDT do projeto aplicado. Caso tenha dúvidas de como gerar, clique aquimceclip15.png

 mceclip16.png

Após exportar o projeto, poderá verificar pela ferramenta Órbita da aba Exibir a diferença entre os MDTs para conferir se tudo foi gerado conforme as configurações.

(Aprenda mais ferramentas de CAD para Topografia com nosso curso online gratuito clicando aqui)

 

mceclip19.png

mceclip20.png

 

4. Cálculo de volume

4.1 Relatório - Volume entre Seções

Para obter o volume total movimentado de material por estaca, dentro da ferramenta Perfil, vá em Relatórios e clique em Volume entre Seções.

Caso tenha dúvidas nesse procedimento, clique aqui.

888.png

image_2020_07_21T16_52_00_072Z.png

 

4.2 Volume entre MDTs

Também poderá utilizar a ferramenta de Volume entre MDTs, delimitando a polilinha da barragem criada como limite. No nosso caso, será a polilinha na cor vermelha delimitada pelos extremos das seções aplicadas.

 mceclip21.png

Clique agora na ferramenta Volume MDTs da aba Volumetria e faça o cálculo entre o MDT de terreno natural e o MDT de projeto, escolhendo a polilinha de limite para o cálculo.

 mceclip22.png

 Caso tenha dúvidas de como gerar o cálculo, clique aqui.

 mceclip23.png

O valor apresentado condiz com o perfil e as seções criados, onde a predominância será de aterro de material para construção da barragem.

 

5. Cálculo de inundação

Por fim, após feito o MDT e exportado os pontos do projeto da barragem, no Métrica TOPO é possível fazer o cálculo de inundação informando uma cota já pré-definida. Para isso, será necessário criar uma nova triangulação mas incluindo somente os pontos da área a ser inundada, os pontos da crista e os pontos do pé da barragem.

 9999.png

Depois, na aba Volumetria, vá na ferramenta Inundação.

mceclip0.png

Dentro da ferramenta, selecione o último MDT que foi criado somente de um lado da barragem, informe a distância dos pontos da malha a ser criada bem como a cota desejada para o cálculo. Outras opções como camada e cor da região inundada e seca também são editáveis. Após configurar, clique em Calcular.

Caso tenha dúvidas no procedimento, clique aqui.

Lembrando que poderá fazer o mesmo procedimento, para o lado oposto da barragem.

7777.png

teste3.gif

teste8.gif

ÓTIMO TRABALHO!

 

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 0 de 0
Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação

Comentários

Caso não tenha encontrado a resposta para sua dúvida, clique aqui e fale conosco por chat!
E se quiser saber como aderir ao Métrica TOPO agora, acesse https://metricatopo.com.br/adquirir/