Seguir

Regularização Fundiária Urbana no Métrica TOPO - REURB (Lei 13.465/2017)

Neste tutorial iremos abordar um processo de Regularização Fundiária Urbana no Métrica TOPO passo a passo. Para deixá-lo mais resumido e prático, colocaremos links para você acessar os materiais de cada assunto, com os respectivos procedimentos feitos no sistema.

mceclip0.png


1 - Ambiente RASTER no Métrica TOPO

Na Regularização Fundiária Urbana (REURB), a utilização de equipamentos para aerolevantamentos facilita o processo de vetorização de quadras e lotes. Muitas vezes não é viável realizar todo o levantamento por GNSS RTK ou estação total, então, é importante contar com auxílio das ortofotos na captura dos pontos, formando os polígonos das quadras e lotes. 

mceclip3.png

No ambiente RASTER do Métrica TOPO, é possível importar e trabalhar em uma ortofoto de alta resolução (extensões .GeoTIFF ou .ECW), obtendo alta performance na sua manipulação e vetorização.

Para verificar o passo a passo de como importar as imagens clique aqui e para verificar como desenhar no ambiente RASTER, clique aqui.

Confira nossa playlist completa com todas as vídeo aulas e tutoriais sobre o ambiente RASTER no Métrica TOPO.

 

2 - Levantamento Planialtimétrico Cadastral

Agora vamos elaborar a Planta Planialtimétrica Cadastral com os dados do levantamento.

No Métrica TOPO, primeiramente é preciso importar, ligar e configurar os pontos. Confira o passo a passo em nossa vídeo aula do Curso Completo de Loteamentos: Projetos Urbanísticos.

mceclip9.png

Na segunda vídeo aula, é possível conferir os passos para inserir a folha com os dados do levantamento, numeração dos vértices, gerar tabela de roteiro perimétrico, configuração de camada, triangulação de pontos, geração de curva de nível e cotar curva de nível.

mceclip10.png

Na terceira vídeo aula, você conhecerá os procedimentos para configuração de texto, inserção de malha de coordenadas, configuração da planta, inserção de simbologia com árvores e postes, cálculo de área e organização final da planta.

mceclip11.png

 

3 - Projeto de Adequação Urbanística para Regularização

Com as linhas já definidas das quadras e lotes, podemos gerar as polilinhas fechadas dos lotes, ou, o que chamamos de REGIÃO dos lotes (comando BO no CAD do Métrica TOPO). Conheça a vídeo aula e o tutorial desta ferramenta.

mceclip5.png

Após gerar a região em todos os lotes, vamos criar o BANCO DE DADOS DO PROJETO (vídeo aula e tutorial), inserindo os dados do loteamento: identificação, nome do empreendimento, matrículas, etc.

mceclip1.png

Depois, já com os lotes definidos, é possível COTAR DE FORMA AUTOMÁTICA (vídeo aula e tutorial) ou de FORMA SEQUENCIAL (vídeo aula e tutorial). No caso do recurso "Sequenciar", você informará manualmente a sequência desejada das cotas, que é a maneira mais recomendado para lotes irregulares.

mceclip0.png

Para poder gerar o memorial descritivo, é necessário DEFINIR AS RUAS E OS CONFRONTANTES (vídeo aula e tutorial) que fazem frente para os lotes, depois de já ter cotado a quadra.

mceclip1.png

Além de definir as ruas e confrontações, é preciso DEFINIR FRENTE (vídeo aula e tutorial) dos lotes de testada para que no memorial saia corretamente definida estas informações.

mceclip2.png

Se os lotes forem muito irregulares, é recomendado DEFINIR FUNDOS (tutorial) também! Isso evitará descrições equivocadas nos memoriais.

mceclip3.png

Para projetos de Regularização Fundiária Urbana (REURB) uma questão muito importante é o VÍNCULO DO BANCO DE DADOS DAS PESSOAS (PROPRIETÁRIOS) (tutorial). Criamos no Métrica TOPO uma ferramenta para criar estes cadastros e vinculá-lo ao projeto de forma bem prática.

mceclip4.png

 

4 - Memoriais descritivos de lotes

Após todos os lotes cotados, definido as ruas, as frentes e os fundos dos lotes, conseguiremos gerar os MEMORIAIS INDIVIDUAIS DESCRITIVOS (vídeo aula e tutorial). A ferramenta para geração automática de memoriais de lotes foi desenvolvida para agilizar o processo de criação das peças técnicas necessárias para conclusão do projeto. 

mceclip1.png

 

5 - Plantas Individuais de Lotes

Com a ferramenta PLANTA INDIVIDUAL DE LOTES (vídeo aula e tutorial) é possível de forma automatizada criar um arquivo .DWG e/ou .PDF individualizado por lote com seu posicionamento na quadra, agilizando também a geração das peças técnicas.

mceclip0.png

 

6 - Finalização

Realize a organização de toda sua planta como um todo, inserindo tabela de roteiro perimétrico, folha, malha de coordenadas e georreferências.

mceclip7.png

Por fim, agora é hora de PLOTAR O PROJETO NO AMBIENTE RASTER (tutorial) do Métrica TOPO.

mceclip2.png

 

CONTEÚDO EXTRA

7 - Perfis de Greide das ruas

Com os pontos de levantamento importados, podemos gerar a TRIANGULAÇÃO (MDT) (vídeo aula e tutorial), bem como EDITAR A TRIANGULAÇÃO (MDT) (vídeo aula e tutorial).

É possível também gerar as CURVAS DE NÍVEL (vídeo aula e tutorial) para visualizar o terreno natural.

mceclip8.png

Com os eixos de ruas pré definidos, podemos configurar e gerar os PERFIS LONGITUDINAIS, (vídeo aula e tutorial), criar as SEÇÕES TRANSVERSAIS (vídeo aula e tutorial) e  APLICAR AS SEÇÕES (vídeo aula) no perfil. Isso é feito com o objetivo de calcular o volume de corte e aterro adequando os arruamentos (distâncias e inclinações) conforme a padronização do município onde o projeto está sendo feito.

mceclip1.png

mceclip0.png

Para saber mais sobre a Lei 13.465/2017 referente a Regularização Fundiária Urbana (REURB), clique aqui e leia nosso artigo!

ÓTIMO TRABALHO!

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 1 de 1
Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação

Comentários

Caso não tenha encontrado a resposta para sua dúvida, clique aqui e fale conosco por chat!
E se quiser saber como aderir ao Métrica TOPO agora, acesse https://metricatopo.com.br/adquirir/