Seguir

Importar: ASCII

Os arquivos ASCII (American Standard Code for Information Interchange) são arquivos/relatórios padronizados que normalmente contém informações de pontos georreferenciados. Esses arquivos sempre estarão em extensão ".txt (bloco de notas)".

São criados de modo geral nas controladoras dos GNSS Geodésicos RTK.

Os softwares de pós-processamento, Topcon Tools por exemplo, em sua maioria também geram relatórios ASCII, depois de processarem os pontos.

Algumas estações totais mais modernas, também geram arquivos de coordenadas (arbitrárias, não georreferenciadas) em ASCII.

E como conseguimos importar para um novo projeto os dados de um arquivo ASCII (.txt)?

Depois de criar um novo projeto no Métrica TOPO, na aba Início, em Comunicação, clique em ASCII.

Busque pelo local onde se encontra o arquivo ASCII (.txt) e selecione-o.

A página seguinte, será a página onde é feita a configuração das colunas de informações.

Selecione o Separador correspondente ao caractere separador que esteja em seu arquivo. No caso da figura abaixo, o separador entre as informações é a VÍRGULA (","); alguns ASCII são gerados com separadores diferentes como espaço, ponto e vírgula ou até mesmo a tecla TAB do teclado.

 Após selecionar o separador, as teclas das Colunas irão ficar habilitadas para a configuração. Coloque os números correspondentes às colunas onde estão as informações no seu arquivo. 

Depois de selecionar as colunas corretas, observe as informações na tabela prévia montada para conferência. Ao observar que está correto basta clicar em OK. Lembrando que você poderá colocar esses pontos em várias camadas (Layers) de acordo com sua Descrição ou então selecionando a opção Nova colocará todos os pontos em uma nova Camada, com o nome que preferir.

No Métrica TOPO você também consegue salvar essa configuração de separador e colunas, clicando em Padrão; assim, toda vez que importar novamente um arquivo ASCII nesses padrões, basta clicar em Restaurar e ele já irá deixar preenchido de uma vez. Fácil, né?! 

Alguns arquivos ASCII também podem conter as informações do RMS do levantamento. Desta forma, nesta ferramenta também é possível importar esta informação por colunas. Basta preencher a informação das colunas correspondentes ao RMS/RINEX.

Depois de dar OK, ele mostrará a quantidade de pontos importados para o desenho.

Com o desenho em tela, basta começar a trabalhar!

Quer mais detalhes? Assista nossa vídeo aula abaixo:

 

BOM TRABALHO!

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 2 de 2
Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação

Comentários